top of page

Redução no consumo de combustível ao alcance de todos!


O consumo de combustível pode responder por até metade do custo da operação de uma frota de caminhões. A economia de combustível é um dos principais objetivos do setor de transportes, podendo aumentar a eficiência da frota, gerando economia e aumento do nível de competitividade perante a concorrência.


Se você for dono de apenas um veículo ou proprietário de em uma grande frota, pequenas mudanças de comportamento na direção podem significar uma economia impressionante ao final de um período. Essa direção econômica pode parecer simples, mas colocá-la em prática nem sempre é fácil, pois requer também empenho, liderança e gestão. Mas, seguindo algumas dicas simples, podemos trazer uma economia significativa sem grandes investimentos: 


1)  Manter os pneus calibrados: Não calibrar regularmente os pneus faz com que eles fiquem mais aderentes ao chão, fazendo com que o motor trabalhe com mais força para movimentar o veículo, gastando mais combustível. Especialistas afirmam que o consumo pode aumentar entre 20 e 25%: um caminhão com pneus calibrados abaixo do ideal pode render um prejuízo estimado de R$ 19.000,00 ao percorrer uma distância aproximada de 100 mil km!


2)  Rodar sem excesso de peso/carga: Exceder o limite de peso, além de render o prejuízo de uma multa, pode danificar os componentes do caminhão. Encher demais o baú ou caçamba do veículo não só gasta mais combustível, como também sobrecarrega o sistema de suspensão e os pneus, acelerando o desgaste e causando quebras e mais gastos com manutenção e com a impossibilidade de realizar viagens. Para cada 40 quilos de carga extra, são impactados cerca de 2% de aumento no consumo de combustível! Sem contar que pode trazer risco à segurança de quem dirige e das pessoas que estão na estrada.


3)  Planejar sua rota e monitorar a velocidade: Um bom planejamento impacta positivamente no gasto de combustível. Uma situação comum na rota de um caminhoneiro é chegar a uma avenida e perceber que não pode trafegar ali, forçando a procurar uma alternativa, desperdiçado combustível. Rotas mais curtas e mais práticas podem economizar combustível, e instruções por voz, passo a passo, podem levar o veículo diretamente ao destino sem percalços. Um planejamento que contemple alternativas às vias em horários de pico, também economiza tempo e faz com que o motorista não precise correr contra o tempo e ultrapassar os limites de velocidade.


4)  Fazer revisões periódicas: Manutenções preventivas ajudam a encontrar determinados problemas com antecedência, sendo possível realizar o conserto antes que eles se desenvolvam e acarretem maiores prejuízos. A substituição de algumas peças como os filtros de ar e combustível, juntamente com a troca de fluídos e a manutenção do sistema de resfriamento mantêm o motor em absoluto funcionamento, permitindo uma melhor combustão e um consumo de combustível próximo ao estipulado pelo fabricante.


5)  Buscar capacitação constante e manter sua equipe treinada: No caso de possuir uma frota, o treinamento periódico de sua equipe é o investimento no ponto mais importante de qualquer transportadora. Esse cuidado melhora a condução dos caminhões, por remover velhos hábitos de condução que aumentam o consumo dos veículos, ajudando a economizar até 10% em combustível. E o benefício acumulado é bem maior, pois abrange aspectos como segurança do próprio condutor e de terceiros, bem como a conservação dos veículos.

Comments


bottom of page